terça-feira, 26 de abril de 2011

UM ANJO

Um anjo.
Nos momentos de solidão
Peço para um anjo
Que sopre no meu ouvido
E venha me ajudar,
Nem sempre ele me escuta
Às vezes sem que eu fale
Ele chega ao meu lado
Como quem não quer nada
Fica mudo nem me olha,
De repente ouço um sussurro
Carinhoso, com cheiro
De amor perfeito
Um toque leve como a brisa...
Uma imensa paz invade minha alma
Meu coração se alegra.
Uma lágrima cai dos olhos
Rola leve pela face
Sinto uma mão pequenininha
Enxugando aquela lágrima
Mostrando-me o caminho
Por onde eu tenho que andar
Eu feliz lhe obedeço
E sigo suas pegadas.

Terezinha C Werson
26/4/2011

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores