terça-feira, 7 de setembro de 2010

Perdi o sono.

Perdi o sono.

Dia exaustivo
Cansaço...
Corpo dolorido...
A noite chegou
Minha alma de joelhos
Fala com Deus
Chora lamenta
Ora em silêncio.

Perdi o sono
Deito tento relaxar
Corpo cansado
Pensamento começa a voar
Perdi o sono.

Levanto vou ate a janela
Silêncio...
O céu é escuro
Ruas desertas
Tudo esta triste
Perdi o sono.

Deus quero dormir
Descansar este corpo
Não quero pensar,
Me deixa dormir.

Dá-me o repouso
Da gota de orvalho
Que descansa na flor
Das ondas do mar que se deita na areia
Do riacho pequeno
Que desce mansinho...

Terezinha C Werson





domingo, 5 de setembro de 2010

Um dia eu dormirei

Um dia eu dormirei

Hoje, amanhã, ou depois
Vou dormir não despertar.

Nunca mais vou chorar
Tristeza vai acabar.

Das minhas poesias
Ninguém mais vai se lembrar.

Sei que vão chorar
Por mim, eu nem vou me incomodar
Pois amanhã e depois
Ninguém mais vai se lembrar.

TEREZINHA C WERSON


vou mudar

 vou mudar

Sou tão... Discreta que enjoei.
Roupa de tecido liso
Simples sem muito enfeite
Cabelo sempre igual.

Falo baixo e falo pouco
Passo como uma sombra
Pra não chamar atenção
Timidez Deus que me livre!
Só me trouxe chateação
Se estou numa multidão
Procuro um lugar solitário
Pra ninguém me encontrar.

Enjoei deste meu jeito
Com isso nada ganhei
Hoje eu decide
Vou usar roupa estampada
O cabelo vou mudar
Vou falar, e falar muito
Não quero ser uma sombra.

Vou enfrentar este monstro
Que se chama timidez
Vou lembrar que eu existo
Que sou gente, e não sombra
Com isto nada ganhei.

E quando quiser chorar
Vou logo cantarolar
Vou enfrentar este monstro
Que se chama solidão
.
TEREZINHA C WERSON


Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores