sexta-feira, 9 de setembro de 2011

ÀS VEZES ME CALO



Às vezes me calo.


Às vezes me calo
Não porque gosto
Sim para não
Falar o que sinto
E não machucar.

Às vezes me calo
Não falo
Fico muda
Fico surda
Só ouço.

Escondo-me
No meu silêncio.
Na minha solidão
Ninguém entra.

Neste silêncio
Só entra Deus,
Converso com ele,
Ouço a sua voz.

Caminho ao seu lado
Só eu e Deus...

Terezinha C Werson
9/9/2011





Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores