segunda-feira, 23 de março de 2009

Só a lua

Por entre arvores caminho.
Chão coberto Por folhas
Amarelas, e verdes
É outono, e as folhas caem
Galhos secos estendidos
Para o céu, a espera
De novas folhas,
Que logo brotarão.


Continuo a caminhar
Elevo, os olhos para o céu
Procuro estrelas,
Não as vejo
Porque nenhuma á
Olho entre as arvores
Algo brilha
Entre os galhos,
Uma lua redonda
Cor de prata brilha
Entre os arvores quase sem folhas

Continuo a caminhada entra as arvores
Novamente elevo os olhos para o céu
Lá, esta a lua entre as nuvens
Entra sai e parece está brincando,
Pois estrelas não existe
E hoje quem brilha é ela.


AUTORA:TEREZINHA C WERSON--1/4/2007 PEDRO DE TOLEDO

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores