quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

QUASE MADRUGADA.

QUASE MADRUGADA.


É quase madrugada
Não sinto sono
Enquanto isso vou fazendo
Alguns rabiscos.


Vou até o quatro
A janela escancarei
Para ficar mais perto do céu.


Que pena! O céu está cinzento
No meio, uma lua amarela
Quase apagada
Sem brilho e sem beleza.


Tão tristonha sem estrelas
E sem o azul
Coitada! Apenas a escuridão.


O sono chega... Adormeço...
Sonho... Nos meus sonhos
Vejo a lua prateada
As estrelas e o azul
Fiquei pertinho do céu
Mais amanheceu,
Despertei e o meu sonho acabou..
.
Terezinha C Werson
19/1/2011

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores