terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

ALMA

ALMA


A alma ninguém vê fica escondida
Ninguém sabe quando chora
Ninguém sabe quando canta
Ninguém sabe nem se importa...
La dentro só ela
Sabe, das angustias e da tristeza...
Vai lentamente morrendo
Num silencio tão... medonho
Num lago chamado pranto.


Terezinha C Werson
15/2/2011

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores