domingo, 7 de abril de 2013

SEMENTES DE ILUSOES

SEMENTES DE ILUSÕES

                           

De sonhos
Enchi as mãos.
Entre as flores
Semeie, vi alguns
Florescerem.

Nos vales
Soltei as esperanças.
Para o infinito voaram...

Sementes de ilusões
Plantei na minha estrada.
Algumas em rosas
Transformaram-se
Outras pereceram.

Libertei meus pensamentos.
Correram entre montanhas e vales,
Entre as ondas brincaram
Nos rios e cachoeiras
Mergulharam.
Em poesias transformaram-se...

Assim vou colhendo sonhos
Procurando as esperanças
Cuidando das ilusões que restaram.
Meus pensamentos?
Esses continuam libertos.
Terezinha C Werson
5/4/2013

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores