sábado, 2 de outubro de 2010

Deixa...

Deixa...

Deixa-me caminhar...
Enquanto a luz está brilhando
Nos campos da memória.
Amanha eu nao sei...
Se esta luz se apagará.

Deixa que eu relembre
O meu passado...
Enquanto a luz está brilhando
Nos campos da memória
Amanha eu não sei
Se esta luz se apagará.

Deixa que eu chore...
Enquanto existe lagrimas
Nas entranhas da minha alma.
Quem sabe amanha esta fonte secará.

Deixa que eu cante e sorria
Enquanto os campos estão floridos...
Quem sabe amanha
Estes campos não existam.

Escreverei versos.
Sonharei correrei atrás da esperança
Enquanto existe luz
Nos campos floridos da memória...

Terezinha C Werson.
26/9/2010

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores