segunda-feira, 7 de março de 2011

Aquieta-te minha alma.

Aquieta-te minha alma.


Como pássaro no ninho
Como o amanhecer na primavera
Como a borboleta pousando sobre as flores
Como a fonte jorrando silenciosa
Como o sussurro do riacho na madrugada
Como a sombra na tarde ensolarada
Como o brilho da estrela pequenina
Como a lua debruçada sobre o mar
Como o canto do pássaro na floresta
Como o sopro leve do vento
Como a criança embalada nos braços da mãe
Como a leve carícia da brisa no jardim
Como a chuva miúda
Caindo sobre a relva.


Aquieta-te minha alma
Nos braços do pai.


Terezinha C Werson
Segunda-feira, 7 de março de

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores