sábado, 26 de fevereiro de 2011

Vou embora.

Vou embora.


Vou sumir naquela rua
Virar na primeira esquina
Entrar na próxima curva.


Quando cansar
Em algum jardim vou entrar
Uma rosa vou colher.


Quando a noite chegar
Na luz do luar
Vou andar...


Quem sabe eu volte,
Quando o dia clarear
E a gaivota voar
E o bem-te-vi cantar
E o sol aparecer.


Na sombra da palmeira
Eu vou me abrigar
Sentir o vento suave
Passando bem... Devagar.


Terezinha C Werson
26/2/2011

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores