segunda-feira, 4 de junho de 2012


Recordei...



Ao amanhecer recordei

Nem sei dizer por quê...

Da minha rua de casas

Coloridas

De todas as cores.

 

Portas azuis vermelhas

Cor de rosa e amarelas

Paredes  de todas as cores

Combinando com as flores

Com as borboletas

E com os pássaros,

Que no beiral da minha casa

Aninhavam-se.

 

E entre as borboletas voavam

No jardim cantarolavam

Minha casa.

Da calçada de pedras

Do terreiro de areia macia

Da porta colorida

Que não precisava de tranca.

 

Das cadeiras na calçada

Das conversas engraçadas

Dos sorrisos inocentes

Da alegria constante

Dos amigos verdadeiros

Da serra bem, lá distante.

Onde no entardecer

O sol imenso e alaranjado

Descia suavemente.

 

Junto com ele meus sonhos

Sumiam atrás da serra

Pra voltar ao amanhecer

Na beleza da alvorada

Tudo recomeçava.

Terezinha C Werson

2/6/2012

 



Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores