quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Caminho da solidão.


Caminho da solidão.

 

Entrei em um caminho

Comecei a caminhar

Só eu e a solidão.

 

Pês descalço

Alma desnuda,

Não parei de caminhar.

 

Pisei de leve nas folhas

Para o silencio não quebrar

E nas curvas do caminho

Eu parei pra descansar.

 

Recostei-me sobre um galho

E fiquei a meditar

Os galhos se estenderam

Só para me agasalhar.

 

A beleza das flores

Levavam-me para pertinho

Dos anjos, que escondidos.

Olhavam-me a caminhar

Na solidão do caminho.

 

Ouvi o vento baixinho

E o canto dos passarinhos

Na solidão do caminho

Um raio de luz

Me cercou

De joelhos sobre as folhas
Falei com o meu SALVADOR.

Terezinha C Werson

 

 





Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores