terça-feira, 11 de maio de 2010

Eu existo!


Eu existo!

Mesmo que eu não fale
Eu existo
Se as folhas caírem
Se as rosas murcharem
Se o pássaro emudecer
Se a noite escurecer
Eu existo.

Se a solidão da velhice
Acompanhar-me
Se o desprezo das pessoas
Entristecer-me
Se as lagrimas embaçarem
O meu olhar cansado
Se as mãos tremulas
Enfraquecerem
Eu existo.

Se todos me abandonarem
Mesmo assim eu existo
Porque tenho Deus
Que tudo supre
E com ele ao meu lado
Eu existo!
Terezinha C Werson

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores