quinta-feira, 13 de maio de 2010

Meu mar...


Meu mar...

Que saudades...
Deixei-te bem... Lá, distante...
Meu mar de tantas cores
Azul, verde, e prateado.

Dos barquinhos que flutuam
Das palmeiras solitárias
Eu olho lá... Para o alto
Não sei se é céu, ou se é mar
Só sei que os dois são iguais.

nas tuas profundezas
Vejo a lua mergulhando
as gaivotas voando,
uma grande solidão.

meus pensamentos vagueiam
Na imensidão do meu mar
E na areia me sento
E fico a meditar...
Quem será mais solitário
Eu o barquinho ou o mar?

Ou quem sabe essas gaivotas
Ou será aquela lua?
Que esta no fundo do mar.

Autora:Terezinha C Werson
[MACEIO]

Um comentário:

Leo Lobos disse...

Bello espacio de comunicación y cultura, felicitaciones, muchas gracias por compartir,

Un abrazo desde Santiago de CHILE,

Leo Lobos

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores