terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O tempo mudou.

O tempo mudou.

Era uma chuva miúda
Através da janela
Eu olhava.
De repente escuridão...
A serra sumiu escureceu, tive medo
Fechei a cortina.
Vento, chuva, trovões, e relâmpagos, escuridão!
Medo! Noticias assustadoras!
Ruas alagadas, carros arrastados
Pela correnteza
A cidade parou.
Escuridão...
Vento enraivecido
Janelas quase voando
Medo! Lá fora a tarde se fez noite
Gotas grossas se arrastavam com o vento
As ruas alagadas, e povo assustado
Esperavam que a tempestade
Se acalmasse.

Terezinha C Werson
14/12/2010

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores