terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

UM DIA VOCÊ ENTENDE.

UM DIA VOCÊ ENTENDE.


Que sua mãe perdeu o sono.
Muitas noites mal dormida
Velando pelo seu sono.
Quando você acordava
Te carregava no colo
Para te agasalhar.


Um dia você entende.
Que sua mãe perdeu
Sua juventude,
Perdeu sua vaidade,
Pensando só em você.
Das orações que fazia
Para Deus te abençoar.


Um dia você entende.
Que ela quase não viveu;
Construindo teu futuro
Sonhando com uma vida
De vitórias e sucesso.
Que ela sonhou demais;
E o sonho todo acabou.


Um dia você entende.
Que hoje o corpo está cansado;
Que ela tem sentimentos
Se sente solitária.
Conversa no quarto escuro;
Chora no travesseiro.
Quase não fala
Fica muda num cantinho...
Pra não ser repreendida.


Um dia se lembrará
Do que deixou de falar,
Mas  tarde demais será 
Ela jamais ouvirá...


Terezinha C Werson
22/2/2011







Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores