terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Um lago cristalino.

Um lago cristalino.


Andei solitária pelos
Campos...
Vi um lago cristalino.
Cansada da solidão
Sentei-me a beira do lago.
Era noite... vi as estrelas
E a lua refletida no fundo
Do lago
Eu debrucei-me a contemplar
Minha imagem entre as estrelas
Lá estavam juntas e solitárias...
Chorei... Ao ver tanto brilho
Nas estrelas...
E minha face tão... Cansada.
Triste sem brilho quase apagada...


Terezinha C Werson
21/2/2011

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, Capital, Brazil
Gosto de escrever poesias prefiro escrever do que falar gosto de ler,nao tenho autor preferido, o importante é que seja um bom livro. escrever é uma maneira de mostrar o que nos vai na alma.

Arquivo do blog

Seguidores